Este website utiliza cookies para nos ajudar a prestar-lhe um melhor serviço aquando da sua visita ao nosso site. Ao continuar a utilizar este website, está a permitir a nossa utilização destes cookies. Continuar

Tradicionais

Barqueiro

Canção tradicional portuguesa com referências ao Rio Mira, que desagua no litoral alentejano. Representa um diálogo entre duas personagens, Maria e o barqueiro, onde se expressa a vontade de navegarem juntos no rio, dependente de uma capacidade que Maria não possui: saber nadar.

Estudo do Meio

 

Localizar no mapa de Portugal o Rio Mira (nascente, percurso e foz).

Estabelecer uma relação com a estrutura da melodia da canção: o seu início, desenvolvimento e conclusão.

 

Este rio português, tal como o Sado, tem uma orientação atípica, corre de Sul para Noroeste.

Explorar o conceito de orientação geográfica a partir dos pontos cardeais, aplicando-o numa atividade de movimento como a coreografia sugerida na secção Ouvir, fazer e criar desta canção.

 

Expressão Dramática

 

Tendo por base a temática da canção, criar ou improvisar um pequeno diálogo e levar a cabo um momento de representação enriquecido com alguns efeitos sonoros (água, aves, etc.) e que incorpore a interpretação da canção ou a sua audição (versão instrumental).

Pode explorar-se a questão dos cuidados a ter com a água e o meio aquático, profissões relacionadas, etc.).

 

Língua Portuguesa

 

Explorar uma transformação do texto da canção com outros tempos e modos (por ex.: Se tu sabes nadar, deita-se o barco... iremos navegar; etc.).

 

Matemática

 

Resolver o famoso problema que envolve o transporte para a outra margem do rio de uma cabra, uma couve e um lobo por um barqueiro que só pode levar um de cada vez e tem de salvaguardar a sobrevivência de cada um destes 'personagens'.

Depois de encontrada a solução, encenar a situação ao som da versão instrumental da canção.

(Informações sobre este quebra-cabeças disponíveis aqui.)

 

Expressão Plástica

 

Pesquisar pinturas relacionadas com temas sugeridos na canção (barco, barqueiro, rio) representativos de diversos períodos da história da pintura, procurando descrevê-los e imaginar e explorar as histórias que a sua contemplação possa sugerir. Pode começar com este quadro de Manet, intitulado En bateau (De barco) e pintado em 1874 nas margens do rio Sena, em França.

Para apoiar e desenvolver estas ideias aconselha-se a consulta deste site.

 

Ficha da canção
Download
Pauta
Letra

Barqueiro

 

- Barqueiro, deita o barco ao Mira,

Barqueiro, vamos navegar.

Mas olha, se o barco vira

Lá no meio do Mira, eu não sei nadar! 

 

- Se tu soubesses, Maria,

Se tu soubesses nadar,

Deitava-se o barco ao Mira,

Tu e eu iríamos a navegar!

TAGS
rio barco nadar água mar
A Minha Lista