Este website utiliza cookies para nos ajudar a prestar-lhe um melhor serviço aquando da sua visita ao nosso site. Ao continuar a utilizar este website, está a permitir a nossa utilização destes cookies. Continuar

Tradicionais

A barata diz que tem

Canção tradicional infantil, muito popularizada tanto em Portugal como no Brasil, com bastantes variações conhecidas, principalmente ao nível da letra.

A canção descreve-nos uma série de atributos que, com mais ou menos imaginação, a barata diz que tem.

Será que é assim?

Depois de cada afirmação, com muito sentido de humor, uma gargalhada... e o veredito.

Do princípio ao fim.

 

A barata é a protagonista desta canção, uma história cheia de equívocos e... com muito riso à mistura.

À medida que a história avança, os sons e ritmos vão-se acumulando e transformando:

- o que achas que acontece?

- vai ficando mais ou menos intensa?

- como achas que foi conseguido esse efeito?

 

A história repete-se, mas não da mesma maneira, pois não?

Ouve mais uma vez toda a canção, no áudio que se segue.

1 | 2 | 3

 

Vamos por partes!

 

Uma barata que fala!... É de desconfiar, não?

Uma história cantada em três partes: tantas quantos os pares de patas de uma barata!

No arranjo que fizemos para acompanhar esta canção tão conhecida, a história também nos é apresentada assim, aos pares.

Reparaste como, depois de cada frase que a voz canta, se ouve o seu par instrumental?

| |

 

- Desculpe, pode repetir?!

 

Vamos ouvir a canção e fazer eco das palavras e frases que a história tem?

Vais juntar-te ao piano quando ele volta a tocar cada frase cantada, fazendo com ele o ritmo da melodia.

Para isso, explora e escolhe os sons que vais usar junto com o piano. Podem ser sons de objetos ou sons do corpo.

Com o som que escolheste fazer, vamos aproveitar para praticar com a Frase 1, abaixo, depois faz com a canção completa:

Frase 1

 

Palavras com ritmo

 

Vamos juntar-nos à barata usando os sons do nosso corpo, para ouvirmos melhor o que ela está a dizer?

 

Vamos começar por ajudar a barata tocando o que ela diz que tem, ao ritmo das palavras.

Vamos começar com "sapatinhos de veludo"? É a primeira frase.

Toca com o som dos teus pés!

 

 

... sapatinhos de veludo

... sapatinhos de fivela

... uma cama de marfim

 

Para tocar tudo o que a barata diz que tem, escolhe os teus sons e ensaia o que vais tocar em cada parte da canção.

Usa o áudio que se segue para praticares o teu ritmo.

tem...

Quando tiveres praticado e escolhido os sons para cada parte, acompanha toda a canção, do início ao fim.

 

O "t" que som tem?

 

Vamos continuar a tocar com os sons do nosso corpo?

O desafio agora é "localizar e substituir", ou seja, escolher que sons das palavras vais "trocar" por sons do corpo.

Vamos dar-te um exemplo:

1) localiza todas as sílabas que tenham o som "t"

 

2) agora, em vez de ser a voz a cantar essas sílabas, usa um som do corpo para as tocar.

 

Vamos a isto?

Pratica com a primeira frase da canção: o áudio que se segue pode ajudar.

(t)

Desafiamos-te agora a cantar toda a canção... pode ser com um som de palmas onde estaria cada "t"?

 

Se preferires, podes cantar acompanhado.

A versão instrumental com a melodia está aqui:

Instr.
Ficha da canção
Download
Pauta
Letra

A barata diz que tem

A barata diz que tem sapatinhos de veludo.
É mentira da barata, ela tem é o pé peludo.
Ah ah ah oh oh oh,

ela tem é o pé peludo!

A barata diz que tem sapatinhos de fivela.
É mentira da barata, os sapatos não são dela.
Ah ah ah oh oh oh,

os sapatos não são dela!

A barata diz que tem uma cama de marfim.
É mentira da barata, ela dorme é no jardim.
Ah ah ah oh oh oh,

ela dorme é no jardim!

TAGS
brincadeira rir animais fábula
A Minha Lista