Este website utiliza cookies para nos ajudar a prestar-lhe um melhor serviço aquando da sua visita ao nosso site. Ao continuar a utilizar este website, está a permitir a nossa utilização destes cookies. Continuar

Lusofonia

A borboleta

Canção de Natal brasileira cuja personagem central é uma borboleta. 

OUVIR

 

Propor às crianças ouvir atentamente os seguintes exemplos e, no final, estabelecer um diálogo sobre o conceito que têm de uma canção de Natal. O objetivo central deste diálogo é clarificar que são possíves diferentes conceções, compreensões e interpretações das canções de época natalícia. 

 

| Exemplo 1 | | Exemplo 2 | | Exemplo 3| | Exemplo 4 |

 

Posteriormente, apresentar esta versão da Borboleta, interpretada pela cantora brasileira Marisa Monte, e comparar com a versão do Cantar Mais.

Procurar que as crianças reconheçam diferenças e semelhanças, sejam do ponto de vista da interpretação, dos instrumentos, das vozes, do texto, estéticas ou outros significados. 

 

Nos seguintes excertos, procurar reconhecer alguns dos timbres e padrões escutados na canção e habitualmente associados a estilos da América Latina, como é o caso do pandeiro, das congas e clavas.

Escutar o Windchime, um pequeno carrilhão também denominado por "Espanta espíritos" na tradição popular. Fazer uma pesquisa na web propor a construção de um destes instrumentos a partir de objetos reciclados.

Explorar com as crianças as características tímbricas dos diferentes materiais. 

Percussão
Windchimes

 

FAZER E CRIAR

 

As formas de aprender uma canção são diversas, como pode perceber na secção de formação do Cantar Mais. Após um pequeno exercício de aquecimento vocal, proponha um jogo de palavras para ir montando a canção tipo puzzle, em conjunto com as crianças. 

 

1.  

Permitir que as crianças estejam em pé, numa posição descontraída e confortável. Leia o texto com as crianças e esclareça dúvidas sobre vocabulário ou expressões. Com a canção a tocar, cante apenas a palavra Borboleta cada vez que ela surgir na canção. Nas próximas passagens, escolher e acrescentar outras palavras e ir progredindo em cada verso, cada estrofe e descobrindo o sentido da canção. 

 

2.

Outra sugestão: dividir a turma em dois grupos em que cada um cantará um verso. Trocar a ordem no final. 

 

3.

Tendo a canção na sua estrutura um Refrão, que se repete, dar oportunidade a um/vários solistas. Ou seja, uma criança canta a estrofre A e a turma responde em coro com o Refrão

VERSÃO

 

Versão aumentada da canção, possibilitando cantar cinco quadras. O objetivo desta versão é alargar as possibilidades criativas das crianças, criando novas estrofes e refrãos para outros animais.

 

Forma desta versão

Intro | A1 | A2 | A3 | Interl. | A4 | A5 ||

 

 

Exemplos de quadras possíveis.

 

Galinhola envergonhada que vem para nos saudar. 
Venha ver cantar o hino que hoje é noite de Natal.
Eu sou uma galinhola sozinha e envergonhada.
Ando no meio das ervas pois não vá ser apanhada. 
 
Pintassilgo colorido que vem para nos saudar.
Venha ver cantar o hino que hoje é noite de Natal.
Eu sou um pintassilgo colorido e bom cantor.
Voo por todo lado e sou bonito sim senhor.
 
Lagartixa esverdeada que vem para nos saudar.
Venha ver cantar o hino que hoje é noite de Natal.
Eu sou uma lagartixa pequenina esverdeada.
Ando no meio das pedras procurando bicharada.
 
A Raposa saltitona que vem para nos saudar.
Venha ver cantar o hino que hoje é noite de Natal.
Eu sou uma raposita saltitona e espertinha.
Ando no meio dos bosques procurando comidinha. 
 
Salamandra fugidia que vem para nos saudar. 
Venha ver cantar o hino que hoje é noite de Natal.
Eu sou uma salamandra fugidia, endiabrada.
Ando no meio dos lagos quase sempre encharcada.
Versão
5 Estrofes
Ficha da canção
Download
Pauta
Letra

A borboleta

 

Borboleta pequenina
que vem para nos saudar.
Venha ver cantar o hino
que hoje é noite de Natal.

 

Eu sou uma borboleta
pequenina e feiticeira.
Ando no meio das flores
procurando quem me queira.

 

Borboleta pequenina,
saia fora do rosal.
Venha ver quanta alegria
que hoje é noite de Natal.

 

Eu sou uma borboleta
pequenina e feiticeira.
Ando no meio das flores
procurando quem me queira.

 

TAGS
Natal, borboleta, flores, Brasil
A Minha Lista