Este website utiliza cookies para nos ajudar a prestar-lhe um melhor serviço aquando da sua visita ao nosso site. Ao continuar a utilizar este website, está a permitir a nossa utilização destes cookies. Proceed

Traditionals

Truz truz truz

De origem minhota, Truz Truz Truz é uma canção tradicional de temática natalícia.

Na canção pede-se ao Menino Jesus que dê algum alimento pois o surrão (bornal de couro usado pelos pastores para levar comida e objetos de seu uso) está pobre e convida-se, à semelhança do que acontece noutras canções tradicionais de Natal, por exemplo “Natal de Elvas”, a pôr os “pezinhos” dentro do coração de quem canta a canção.

A onomatopeia “truz, truz, truz” simboliza o bater na porta por parte dos pastores.

Select version Video | Audio:
Voz e acomp.
Acompanhamento
Melodia e acomp.
Pauta
Análise musical da canção

 

Características melódicas

 

A melodia está na tonalidade de Dó M e tem um âmbito de 8ª Perfeita [Dó 3 – Dó 4].

No início da canção (em Truz, truz, truz) ouvem-se as notas do acorde de tónica, sendo o resto da melodia constituída por graus conjuntos e intervalos melódicos de 3ª (m e M) e 4ª Perfeitas.

 

Características rítmicas

 

A melodia está escrita no compasso 2/4, binário de tempos de divisão binária.

O ritmo é silábico, com inflexões melismáticas nos finais do antecedente e do consequente da 2ª frase.

O ritmo é quase exclusivamente escrito em colcheias e semínimas, apresentando, ainda, entradas em anacruse, ritmos pontuados e uma síncopa .

O andamento é moderado (Andante), apresentando um ritardando nos dois últimos compassos.

 

Forma 

 

Forma binária (AB).

A melodia divide-se em duas partes, em que apenas a 1ª se repete (AAB), sendo a parte A constituída por (ab) e a parte B por (cc’).

O conjunto AAB é cantado duas vezes, já que a canção tem duas estrofes, na parte B, correspondendo a parte A a um refrão que se canta sempre com o mesmo texto.

 

Arranjo/Instrumentação

 

O arranjo segue o plano formal seguinte: Introd. AAB, AB, coda

Na instrumentação da introdução, para além de referências ao início do tema executadas pelas taças tibetanas, ouvem-se idiofones, membranofones e cordofones tradicionais de diferentes culturas.

A melodia das partes A e B é executada pela flauta de bisel com acompanhamento de idiofones, membranofones e cordofones. Simultaneamente, no final do arranjo, na parte B, ouve-se também a melodia da parte A, formando-se um cânone que termina com o início da melodia.

Song pdf
Download
Score
Lyrics

Truz truz truz

 

Truz, truz, truz

Quem é que está aí?

É o grupo dos pastores

que chegou agora aqui.

 

Ó meu menino Jesus, 

da lapa do coração,

Dai-me Vós alguma coisa

que está pobre o meu surrão.

 

Truz, truz, truz

Quem é que está aí?

É o grupo dos pastores

que chegou agora aqui.

 

Ó meu menino Jesus,

descalcinho pelo chão,

metei os Vossos pezinhos

dentro do meu coração.

 

Truz, truz, truz...

 

TAGS
Natal pastores Jesus
A Minha Lista