Este website utiliza cookies para nos ajudar a prestar-lhe um melhor serviço aquando da sua visita ao nosso site. Ao continuar a utilizar este website, está a permitir a nossa utilização destes cookies. Proceed

Traditionals

Trigueirinha

Trigueirinha trata-se de uma canção tradicional portuguesa oriunda da região do Alentejo.

É uma canção de temática amorosa.

 

Select version Video | Audio:
Voz e acomp.
Acompanhamento
Melodia e acomp.
Pauta
Análise musical da canção

 

Carcaterísticas melódicas

 

A melodia está na tonalidade de mi menor harmónica (com sensível, i.e. o sétimo grau está alterado ascendentemente) e tem um âmbito de 8ª Perfeita [Si 2  – Si 3].

É constituída essencialmente por graus conjuntos. Na 1ª parte tem ainda intervalos melódicos de 3ª m e, no começo do antecedente e do consequente, respectivamente, uma 4ª P e uma 5ª Perfeita. Na 2ª parte, para além dos graus conjuntos tem apenas intervalos de 3ª menor.

  

Caracrerísticas rítmicas

 

A melodia está escrita no compasso 2/4, binário de tempos de divisão binária.

O ritmo é silábico e salienta-se a existência de anacruses, ritmos pontuados  e uma síncopa.

O andamento é lento (Adagio), sendo que na 2ª parte da melodia, a figuração rítmica mais rápida a faz sentir em andamento moderado.

 

Forma

 

Forma binária (AB).

A melodia divide-se em duas partes que se repetem (AABB), sendo a parte A constituída por (aa’) e a parte B por (bb’).

O conjunto AABB é cantado três vezes, já que a canção tem três estrofes, com textos diferentes, na parte A, funcionando a parte B como refrão, sempre com o mesmo texto.

 

Arranjo/Instrumentação

 

A estrutura formal do arranjo corresponde a Introd. AABB Interl. AABB Interl AABB Coda.

A sonoridade deste arranjo faz lembrar uma morna de cabo-verdiana.

A instrumentação inclui cordas em pizzicato e depois a guitarra e as percussões, na introdução.

A parte A e  a parte B têm características contrastantes. Na coda, canta-se novamente BB, e um curto remate instrumental, para finalizar.

Song pdf
Download
Score
Lyrics

Trigueirinha

 

Chamaste-me trigueirinha,

e eu não me escandalizei.

 

Minha trigueirinha

Olaré meu bem

Ai! Tu és só minha

e de mais ninguém.

 

Chamaste-me trigueirinha,

e eu sou da cor da cereja.

 

Minha trigueirinha

Olaré meu bem

Ai! Tu és só minha

e de mais ninguém.

 

Chamaste-me trigueirinha,

e eu nisso tenho vaidade.

 

Minha trigueirinha

Olaré meu bem

Ai! Tu és só minha

e de mais ninguém.

TAGS
amor posse
A Minha Lista