Este website utiliza cookies para nos ajudar a prestar-lhe um melhor serviço aquando da sua visita ao nosso site. Ao continuar a utilizar este website, está a permitir a nossa utilização destes cookies. Proceed

Traditionals

Os olhos da Marianita

Canção tradicional portuguesa - Cantiga das ruas (Cancioneiro de músicas populares Vol. II (1)). Nas origens encontram-se registos na região Alentejana (Serpa (2)) e na Beira Baixa. Também existe a referência a uma outra versão, a duas vozes, mais lenta em compasso quaternário (Canções para a educação musical/Raquel Marques Simões 10ª ed. Lisboa: Valentim de Carvalho, 1979). Trata-se de uma canção com uma temática de metáfora sobre o amor, centrada numa personagem a Marianita e a cor dos seus olhos.

Select version Video | Audio:
Voz e acomp.
Acompanhamento
Melodia e acomp.
Pauta
Análise musical da canção

 

Características melódicas

 

A primeira parte da melodia está na tonalidade de Ré M e tem um âmbito de 9ª m [Lá 2 – Si 3], que é também o âmbito total da melodia. A segunda parte da melodia está na tonalidade de si menor e tem um âmbito mais estreito, de pentacorde [Si 2  – Fá # 3].

A entrada em anacruse no início de cada estrofe, caracteriza-se pelo intervalo de 4ª Perfeita ascendente (do 5º para o 1º graus melódicos), iniciando o arpejo do acorde de tónica de Ré M, seguindo-se graus conjuntos e 3ª (m e M). A segunda parte da melodia tem exclusivamente graus conjuntos e 3ª m.

 

Características rítmicas

 

A melodia está escrita no compasso 2/4, binário de tempos de divisão binária.

O ritmo é silábico e existem 4 linhas rítimicas que se repetem nos antecedentes e consequentes das duas frases, com entrada em anacruse e final sincopado.

O andamento é moderado (Andante), sem variações. 

 

Forma 

 

Forma binária (AB).

A melodia divide-se em duas partes que se repetem (AABB), sendo a parte A constituída por (ab) e a parte B por (cd).

O conjunto AABB é cantado três vezes, já que a canção tem três estrofes, sendo B o refrão, cantado sempre com o mesmo texto.

 

Arranjo/Instrumentação

 

O arranjo segue o plano formal seguinte: Introd. AABB AABB Interl. AABB Coda.

A canção é cantada três vezes com três momentos instrumentais: a introdução, o interlúdio e a coda.

A instrumentação é constituída por Piano; Flauta (staccato); Cordas (staccato); Bateria; Baixo; efeitos vocais (hip hop) e efeitos sonoros.

O arranjo é caracterizado pelo contraste entre secções (introdução e 1ª parte sem percussões, mais suave, vs. 2ª parte ritmada/hip hop); por motivos imitativos nas flautas; pelo acompanhamento característico do hip hop (baseado na bateria e baixo) com contraponto melódico nas flautas, numa textura pouco densa. No final os efeitos sonoros sugerem um “off/desligar”.

O percurso harmónico inclui, na parte A, I-V-vi-IV, e na parte B, V-vi. 

Song pdf
Download
Score
Lyrics

Os olhos da Marianita

 

Os olhos da Marianita

são verdes cor do limão.

Ai sim, Marianita ai sim,

Ai não, Marianita ai não.

 

Os olhos da Marianita

são negros cor do carvão.

Ai sim, Marianita ai sim,

Ai não, Marianita ai não.

 

Os olhos da Marianita

tenho os eu aqui na mão.

Ai sim, Marianita ai sim,

Ai não, Marianita ai não. 

A Minha Lista