Este website utiliza cookies para nos ajudar a prestar-lhe um melhor serviço aquando da sua visita ao nosso site. Ao continuar a utilizar este website, está a permitir a nossa utilização destes cookies. Proceed

Traditionals

Oliveira pequenina

 

Canção tradicional portuguesa cantada na região do Algarve. Trata-se de uma canção com uma temática metafórica sobre o tamanho da árvore (e da sua aceitação apesar de pequenina e dos frutos que produz não é desprezada) despertando pensamentos e memórias sobre as tristezas e as agruras da vida, onde o estalar da folha da oliveira quando deitada ao lume, é comparado ao sofrimento do coração.

            

Select version Video | Audio:
Voz e acomp.
Acompanhamento
Melodia e acomp.
Pauta
Análise musical da canção

 

Características melodicas

 

A melodia está na tonalidade de dó menor harmónica (inicialmente sem sensível e depois com sensível, e tem um âmbito de 8ª Aumentada [Si 2  – Si b 3].

É constituída essencialmente por graus conjuntos, com intervalos melódicos de 3ª m, na 1ª parte, e de 3ª (m e M) e 4ª P na segunda parte.

 

Características rítmicas

 

A melodia está escrita no compasso 3/4, ternário de tempos de divisão binária.

O ritmo é silábico e quase exclusivamente escrito em colcheias, com semínimas e mínimas nos finais de frase. Os antecedentes e consequentes têm todos a mesma linha rítmica, com a duração de dois compassos.

O andamento é moderado (Andante), sem variações. 

 

Forma

 

Forma binária (AB).

A melodia divide-se em duas partes que se repetem (AABB), sendo a parte A constituída por (aa’) e a parte B por (bb’).

O conjunto AABB é cantado três vezes, já que a canção tem três estrofes.

 

Arranjo/Instrumentação

 

O arranjo segue o plano formal seguinte: Introd. AABB AABB AABB Coda.

A instrumentação é constituída por uma orquestra de cordas.

O arranjo é caraterizado por um Baixo Ostinato, em movimento descendente. O quarteto de cordas (violinos; violas; violoncelo e contrabaixo), junta-se com efeitos tímbricos (pizzicato, staccato e legato), adensando a textura tímbrica e harmónica. 

Score
Lyrics

 

Oliveira pequenina

 

 Oliveira pequenina,

 Que azeitonas pode dar?

 Dará poucas, mas qu'importa?

 Dará as que puder dar!

 

 Oliveira pequenina,

 Não te julgues desprezada.

 Dará poucas azeitonas?

 Mais val' pouco do que nada! 

 

 A folha da oliveira

 Deitada no lume estala

 Assim é meu coração,

 Quando chora e não fala!

TAGS
azeitonas
A Minha Lista