Este website utiliza cookies para nos ajudar a prestar-lhe um melhor serviço aquando da sua visita ao nosso site. Ao continuar a utilizar este website, está a permitir a nossa utilização destes cookies. Proceed

Traditionals

Olha as ceifeiras

 

Canção tradicional portuguesa cantada em várias zonas do Minho e Alto Minho, do Douro, da Beira Alta e da Beira Baixa. De temática relacionada com o ambiente rural e as atividades das ceifeiras na colheita de cereais (ceifa); de dança (Vira), e da sua aparência e vestuário.

Canto de trabalho, ambiente rural, que caiu em desuso com a mecanização do trabalho agrícola.

Select version Video | Audio:
Voz e acomp.
Acompanhamento
Melodia e acomp.
Pauta
Análise musical da canção

 

Características melódicas

 

A melodia está na tonalidade de mi menor harmónica (com sensível, i.e. o sétimo grau está alterado ascendentemente) e tem um âmbito de 8ª P [Si  2  – Si  3].

De notar que as primeiras 7 notas são em arpejo, do acorde da tónica, sendo o final da frase quase exclusivamente em graus conjuntos. O antecedente e consequente da segunda frase começam por notas repetidas (quatro) e são semelhantes, acabando com linhas descendentes por graus conjuntos.

 

Característimas rítmicas

 

A melodia está escrita no compasso 3/8, unitário de tempos de divisão ternária .

O ritmo é silábico e quase exclusivamente escrito em semínimas e colcheias, sentindo-se com facilidade a divisão ternária do tempo.

O andamento é lento, mas pode sentir-se “a 3”, “à colcheia” dando a sensação de ser quase rápido, por a marcação ternária sugerir um movimento circular, de dança.

 

Forma

 

Forma binária (AB).

A melodia divide-se em duas partes, repetindo-se a primeira (AAB).

A parte A funciona como refrão da canção, repetindo sempre o mesmo texto.

O conjunto AAB é cantado três vezes, já que a canção tem três estrofes.

 

Arranjo/Instrumentação

 

O arranjo segue o plano formal seguinte: Introd. AAB AAB AAB Coda.

A instrumentação inclui Ukulele (Melodia); Acordeão; Secção de cordas (violinos, violas); Contrabaixo; Bateria jazz (Brush) e Percussão (Reco-reco, Triângulo, Congas, Caixa chinesa, chocalho).

O arranjo é em Valsa rápida (estilo parisiense), alternado o ritmo a tempo e em contratempo. O ensemble – quarteto de cordas, e o Contrabaixo acompanham a melodia sublinhando a divisão ternária do 3/8, sentido como compasso ternário de divisão binária, “à colcheia”.

Song pdf
Download
Score
Lyrics

 

Olha as ceifeiras

 

Olha as ceifeiras,

Tão engraçadas.

Lenços de chita,

Saias rodadas.

Saias rodadas,

Chapéu ao lado.

Olha aqui está

Um grupo engraçado.

 

A minha foice é sagrada,

Que me deu o meu avô.

Já a minha mãe foi criada

Com o pão que ela ceifou. 

 

[Refrão]

 

A minha foice é polida,

Mas não se rala de nada.

Corta aveia, corta trigo

E também corta a cevada.

 

TAGS
pão cereais campo agricultura
A Minha Lista