Este website utiliza cookies para nos ajudar a prestar-lhe um melhor serviço aquando da sua visita ao nosso site. Ao continuar a utilizar este website, está a permitir a nossa utilização destes cookies. Proceed

Traditionals

O senhor do meio

O senhor do meio é uma canção tradicional portuguesa de caráter etno-tradicional, com uma temática de dança (Dança de roda) e divertimento. Centra-se numa personagem (o senhor do meio), num contexto social e de convívio tipo “baile cantado”. Ao longo da canção, o “julgamento” traduzido pelos olhares e suposições das raparigas sobre as suas qualidades e “aparência” vai-se alterando.  

Select version Video | Audio:
Voz e acomp.
Acompanhamento
Melodia e acomp.
Pauta
Análise musical da canção

 

Características melódicas

 

A melodia está na tonalidade de si menor (sem sensível) e tem um âmbito de 8ª Perfeita [Si 2  – Si 3].

O motivo rítmico/melódico inicial da melodia, tem quatro notas repetidas e um intervalo de 4ª Perfeita (fa#/si, ascendente e descendente) que fazem parte das notas do acorde da Tónica (I grau). Tanto o final do antecedente como o consequente têm linhas melódicas descendentes quase exclusivamente com graus conjuntos.

 

Características rítmicas

 

A melodia está escrita no compasso 2/4, binário de tempos de divisão binária.

O ritmo é silábico, com entradas em anacruse e exclusivamente constituído por 2 grupos de 4 semicolcheias seguidos de 4 colcheias.

O andamento é lento. 

 

Forma

 

A canção tem uma só frase (A), com repetição do antecedente e do consequente (aabb).

A frase é cantada três vezes, já que a canção tem três estrofes, adaptando-se a linha rítmica à prosódia do texto no consequente (b), podendo por isso ser considerada a forma AA’A’.

 

Arranjo/Instrumentação

 

O arranjo segue o plano formal seguinte: Introd. A  A  A  Interl.  A A A.

A instrumentação inclui percussões africanas, guitarra, acordeão e contrabaixo.

O arranjo é caracterizado pelo contraste estilístico e de textura entre as duas partes da melodia: A com carácter étnico (flautas e percussões) e B com guitarra (a contratempo) e contrabaixo.

A canção é cantada duas vezes, antecedida de dois momentos instrumentais, a introdução e o interlúdio. A introdução inicia-se com as flautas e percussões. Na primeira volta da canção não existe suporte harmónico. Na repetição da canção, o percurso harmónico é suportado pela guitarra acústica, caracterizado pelas funções tonais do modo menor natural (I-ii-v), remetendo a dominante menor para um ambiente modal (Nota: a escala de si menor natural é uma transposição do modo de lá, pelo que a melodia pode ser considerada modal e não tonal)

Song pdf
Download
Score
Lyrics

O senhor do meio

 

O senhor do meio

julga que é alguém,

é um rapazinho

que nem barba tem. 

 

Ó senhor do meio,

ande ligeirinho,

se não quer ficar

no meio sozinho.

 

O senhor do meio

é bem bonitinho,

e para dançar

tem certo jeitinho.

 
TAGS
roda fisionomia percussão guitarra acordeão
A Minha Lista