Este website utiliza cookies para nos ajudar a prestar-lhe um melhor serviço aquando da sua visita ao nosso site. Ao continuar a utilizar este website, está a permitir a nossa utilização destes cookies. Proceed

Early music

Ay, linda amiga

Ay, linda amiga é uma canção de autor anónimo do século XVI de temática amorosa e melancólica.

Faz parte da polifonia profana da época do Renascimento.

É referenciada por alguns como fazendo parte do “Cancionero do Palácio”(Cancioneiro castelhano) e por outros como uma harmonização posterior, já no século XX, por Eduardo M. Torner (1888-1955) de uma melodia recolhida no “Libro de Música de Vihuela”de Luys Milan (Valência , 1535-36).

Educação Física - Língua Portuguesa - História e Geografia de Portugal

 

  • Interligar esta canção com movimento/dança, através do movimento binário simples a ela associado. Colaboração interdisciplinar com a área/disciplina de Educação Física, que poderá sugerir uma coreografia mimada ou dançada para a mesma.
  • Coreografar e encenar a canção, adaptando-a à época a que a mesma se reporta, recorrendo para isso aos recursos cenográficos, adereços, indumentária, luminotecnia e sonoplastia disponíveis no espaço-escola em que é apresentada;
  • Adaptar a canção a um contexto em que a mesma se ajuste e faça sentido numa dramatização trabalhada pela área/disciplina de Português ou/e pela área/disciplina de História e Geografia de Portugal;
  • Conhecer e aprender alguns instrumentos e características da música do norte de África, que serve de base ao arranjo instrumental, e contextualizá-la numa apresentação interdisciplinar onde a área do estudo do meio ou a disciplina de História e Geografia de Portugal estejam presentes.
Song pdf
Download
Score
Lyrics

Ay, linda amiga

 

Ay linda amiga que no vuelvo a verte

Cuerpo garrido que me lleva la muerte

 

No hay amor sin pena, pena sin dolor

Ni dolor tan agudo como el del amor

Ni dolor tan agudo como el del amor

 

Ay linda amiga que no vuelvo a verte

Cuerpo garrido que me lleva la muerte

 

Ay linda amiga que no vuelvo a verte

Cuerpo garrido que me lleva la muerte

 

Levanteme madre, al salir el sol

Fui por los campos verdes a buscar mi amor

Fui por los campos verdes a buscar mi amor

 

Ay linda amiga que no vuelvo a verte

Cuerpo garrido que me lleva la muerte

TAGS
morte dor corpo
A Minha Lista