Este website utiliza cookies para nos ajudar a prestar-lhe um melhor serviço aquando da sua visita ao nosso site. Ao continuar a utilizar este website, está a permitir a nossa utilização destes cookies. Continuar

Tradicionais

A Andorinha da Primavera

Música de Carlos Maria Trindade com letra de Pedro Ayres Magalhães incluída no disco "O Paraíso" dos Madredeus, editado em 1997.

Selecionar Versão:
Voz e acomp.
Acompanhamento
Madredeus
Pauta
Análise musical da canção

Características melódicas

 

A melodia está na tonalidade de Dó# menor e tem um âmbito de 9ª m.  [Sol# 2 – Lá 3 ].

É constituída predominantemente por intervalos melódicos de 2ª (m e M) e 3ª (m e M).

 

Características ritmicas

 

A melodia está escrita no compasso 4/4, binário de tempos de divisão binária.

O ritmo é silábico e escrito essencialmente em semínimas e colcheias. 

O andamento é Moderado (semínima= 86) e não tem variações de tempo.

 

Forma

 

Forma binária (AB).

A canção é constituida por uma estrofe e refrão que se repetem.

 

Arranjo/Instrumentação

 

O arranjo segue o plano formal seguinte:

Introd. | A | B B´(refrão) | Interl. | A | B B' (refrão) |Coda ||

No arranjo podem escutar-se a guitarra clássica, o jogo de sinos e o sintetizador.

Ficha da canção
Download
Pauta
Letra

A Andorinha da Primavera

 

Andorinha de asa negra aonde vais?

Que andas a voar tão alta

Leva-me ao céu contigo, vá

Qu'eu lá de cima digo adeus ao meu amor

 

Ó Andorinha 

da Primavera

Ai quem me dera também voar

Que  bom que era

Ó Andorinha

na Primavera

também voar

TAGS
andorinha, primavera, Madredeus, animais, aves
A Minha Lista